COLUNISTAS

19/12/2012 -- 06:30

O ESCANDALÔMETRO

*Por Alcindo Garcia


Nunca antes neste país se viu tanta roubalheira e tantos escândalos. Basta ligar todas as noites nos telejornais. Corrupção passiva, corrupção ativa, lavagem de dinheiro e até formação de quadrilhas. Tudo aquilo que pagamos de impostos, inclusive do Imposto de Renda (trabalhamos quatro meses por ano para o governo) não vai para a saúde nem para a educação, porque as quadrilhas, encasteladas dentro do próprio Governo, roubam tudo. Estão milionários. A última descoberta era comandada pela Rose Noronha, a Rose do Lula, nomeada por ele como chefe de gabinete da Presidência da República em São Paulo e mantida pela Dilma. Mas o Lula não tem culpa porque ele não sabe de nada.

Um comerciante inteligente lá de Brasília inventou o escandalômetro, um aparelhinho que mede o escândalo do dia e que é movido à mercúrio. A faixa de mercúrio vai de zero a 100. O comerciante está ficando rico com a invenção. Só que ele quase morreu quando testava o escandalômetro no laboratório de sua casa. Com o último escândalo da chefe de gabinete da Presidência em São Paulo, a Rose do Lula, não percebeu que o mercúrio subiu e explodiu danificando o telhado.

Até eu, que leio muitos jornais por dia, comprei um escandalômetro portátil. Antes de abrir os jornais coloco o escandalômetro em cima. Se a faixa de mercúrio subir mais que 40, meu médico aconselhou-me a amassar um Lexotan no abacate e adoçar com Maracujina para não me assustar, em forma de tranquilizante. Estou sendo cauteloso, evitando uma explosão dentro de casa, porque a cada dia um novo escândalo da era lulapetista aparece. Quando recebo os jornais diários, logo de manhã, avalio a escala do nível de mercúrio, antes de ler as notícias para me precaver.

Tia Quitéria veio em casa domingo passado e achou aquilo um despautério. Disse que eu estou correndo sério risco com o escandalômetro dentro de casa. Brandindo o Estadão nas mãos, aconselhou-me a desfazer-me do aparelho. "Pode explodir dentro da casa se sair mais notícia dessa tal de Rose, amiga do Lula, que chefiava o escritório da Presidência da República em São Paulo", advertiu ela. E ameaçou não por mais os pés dentro de casa, enquanto eu não me livrar do escandalômetro.

=================
(Alcindo Garcia é Jornalista) e-mail: alcindogarcia@uol.com.br

Leia também!
Facebook e Brasil: a mudança de paradigma nos negócios com a internet
Dilma vete o projeto da terceirização
Devolver valores não afasta improbidade administrativa
Companhia elétrica pagará R$ 1,2 milhão a herdeiros de funcionário
A terceirização indica avanços
Vantagens e desvantagens do projeto de lei sobre terceirização
» Veja a lista completa
Home Paraguacity

Notícias

Notícias
Brasil
Destaque
Esporte
Região

Destaques

Eleições 2012
Blog
Charge
Comportamento
Galeria de Fotos
Colunistas
VC Repórter
Classificados
Promoções
Fale Conosco
Quem Somos
Sua Conta
Expediente
Newsletter
Política de Privacidade
Acesse a versão clássica
Redecity. © 2015
Google Twitter Whatsapp Facebook